03 fevereiro 2014

Bigpost: Animais exóticos, tê-los ou temê-los?


Eu vejo que muitas pessoas ultimamente que gostam de animais de estimação e trabalham, tem pouco tempo para cuidar de cachorro ou um animal mais dependente vem procurando por comprar animais exóticos. Alguns dos mais famosos são os coelhos, porquinhos-da-índia, hamsters e chinchila. Entretanto, por mais que esses animais sejam silenciosos, calmos e de fácil manutenção, manter e principalmente cuidar deles quando ficam doentes não é nada fácil. Trouxe dicas e perfil de cada um deles para vocês olharem.

Ah, e lembrete importante: Veterinários de animais exóticos são pouco comuns e muito caros. ;D





Meu porquinho da índia se chama Jones. Compramos ele há alguns meses num pet shop e já vimos o quanto ele cresceu e se tornou fofo *-*- Inicialmente colocamos ele numa gaiola alta o que é pouco recomendado. Depois, providenciamos um cercado com tapete de grama. Por ser um animal medroso, porém sociável, colocamos ele em companhia da nossa coelha Marcela. Ambos se dão muito bem, brincam e namoram todos os dias. Colocamos um recipiente próprio para que ele faça suas necessidades, dentro dele tem "pinos" que são ótimos para absorver o xixi e não deixar mau cheiro. A alimentação é outro ponto importante. Ele come ração própria, legumes, frutas frescas e muito feno. É importante dar feno pois isso o distrai e desgasta seus dentes.

A cada três semanas pelo menos ele precisa tomar banho. Para isso ele deve ser colocado numa bacia com água bem rasa, morna e com shampoo infantil. Após lavar, é importante secar bem com o secador no MORNO e deixar o aparelho distante para não assustá-lo e nem machucar ele. Demora muito para ele se secar.

Na gaiola do porquinho, é preciso ter recipiente com água próprio para roedores e uma toca onde ele possa se esconder e dormir de dia. 
Isso mesmo que você leu. Os porquinhos da índia são noturnos, o que significa que seu barulhinho fofo, hábitos de alimentação e brincadeiras vão ocorrer durante tooooda madrugada.

Excelente para quem trabalha, pois, durante o dia ele estará dormindo e descansando e só acordará no final da tarde. Por outro lado, ele não pode ficar muito tempo sozinho e sua gaiola deve ser limpa várias vezes por semana porque ele é muito sujinho mesmo. Outro fato importante é que ele é um bicho frágil. Não pode ser manuseado de qualquer jeito, não suporta ficar muito tempo no colo e não tem muito apreço pelo ser humano. Não se apegue ao que os vendedores do pet shop diz: ele não vai agir como cachorro, se chamar ele pelo nome ele não vai vir receber carinho e muito menos vai latir para você haha'. Enfim, lembre-se que os vendedores gostam de VENDER, então muito cuidado.

Ele gasta razoavelmente, tanto na ração quanto nos pinos que são caros e devem ser trocados a cada 3 semanas. Sua vida dura em torno de 6-9 anos.

Ele é POUCO recomendado para crianças. 


Apesar de falar Hamster, não vou falar propriamente deste bichinho. Minha experiência foi apenas com camundongo e twister, por isso vou falar sobre estes dois.

Toda criança gostaria de ter um ratinho branco de laboratório numa rodinha em casa. Claro, são lindos e fofos. Mas são rápidos, ariscos e pouco sociáveis. Por serem territorialistas os camundongos não podem conviver com outros de sua espécie a não ser macho e fêmea durante a época de procriação. Eles exigem uma gaiola pequena com recipiente de água próprio para roedores, ração para hamster, rodinha para passar o tempo e se divertir e claro, serragem para forrar a gaiola. Eles geralmente não tem cheiro forte, são silenciosos e noturnos, não gostam muito de contato humano e são muito ágeis. É possível ganhar a confiança do ratinho aos poucos, através da chantagem: Sempre que pegar ele, dê um pedaço de fruta. Ele vai associar você á uma sensação gostosa.

A vida deles é breve, por volta de 1-2 anos, por isso não é um bichinho para se apegar. De todos é o mais econômico, afinal por ser pequeno não é preciso gastar muito em ração embora ele goste de roer o dia todo. Pouco recomendado para crianças.

Falando os twisters, eles são basicamente ratos de esgoto. Mas aí que vem a parte boa: Eles são criados propriamente para ser animais de estimação, portanto não são sujos e não possuem doenças. Todo mundo me pergunta se não é perigoso ele passar raiva para gente. Claro que é! Se ele for mordido por um morcego infectado. Esses ratinhos não ficam muito pequenos, por isso exigem uma gaiola maior. Eles são mais indicados para crianças (entre 8-10 anos), porque eles são facilmente domesticados. Sociáveis porém não com outros ratos, os twisters são econômicos. Além de ração podem comer quase tudo. Desde frutas, até queijos e legumes. Eles adoram lamber o dono e reconhecem o próprio nome. São noturnos e também necessitam de uma toca para dormir. Na gaiola deve-se ter recipiente de água para roedores, forro de pinos, feno para distração e desgaste dos dentes. O twister se bem cuidado pode viver até 4 anos.


Certo, chegamos á um impasse. São lindas, graciosas e lembram coelhos. Mas possuem hábitos noturnos, fazem MUITO barulho e sempre que tomam banho de pó de mármore (que é próprio apenas para CHINCHILAS e RATOS TWISTER), fazem muuuuita sujeira. É muito difícil ganhar a confiança de uma chinchila, e se bater nela ela vai te odiar por algum tempo. Geralmente elas não gostam de ficar no colo, preferem ficar soltas e saltitantes pela casa. O lugar ideal para manter ela é numa gaiola alta, por onde ela possa se locomover com toda liberdade. Se quiser, coloque uma toca para ele dormir de dia e não se esqueça dos pinos, recipiente de água para roedores e feno. A alimentação se baseia em ração. De vez em quando é bom adicionar frutas e legumes á dieta. 

A Chinchila pode dar dentadas feias, por isso dar uma de presente á uma criança não é muito legal. Fora que ela pode chegar aos 18 anos de idade, portanto pense bem antes de comprar uma. A manutenção é praticamente diária e ela dá sim um trabalho razoável. Sua personalidade é forte e por favor, não pegue no rabo dela haha'. Enfim, ela é um bichinho para um adulto que mora em apartamento ou trabalha muito durante o dia.


Nossa coelha Marcela é puro amor < 3 Com o tempo ela veio correndo sempre que a chamávamos só para ganhar carinho. Ela também não gosta muito de ficar no colo porque ela sente muito calor com facilidade. Sua alimentação gira em torno de ração, legumes e frutas. O ambiente ideal para manter ela, é num cercado com toca para dormir, recipiente com água para roedores, recipiente com pinos para necessidades higiênicas, feno para roer. Ela convive bem com nosso porquinho da índia porém, essa união nem sempre é indicada. Coelhos são sociáveis com OUTROS coelhos, por isso manter um coelho próximo á outro animal pode ser frustrante. Sempre que resolver soltar seu coelho pela casa feche tudo. Eles pulam e correm muito rápido e sair para rua e se perder para sempre não é difícil. Outra coisa importante é tomar cuidado com suas orelhas. Jamais, sério, jamais pense que seu coelho é o perna longa e tente pegar ele pelas orelhas. É uma parte sensível e machucar o coelho é muito fácil. São criaturas frágeis e pouco indicada para crianças. Sua vida gira em torno de até 6 anos. Outra coisa importante é tomar cuidado com barulhos altos. Sim, isso pode matar seu coelho de susto.
São animais diurnos, que gostam de dormir a noite e aproveitar o dia. Portanto não é boa ideia deixar o coelho muito tempo sozinho sem supervisão, afinal eles são MUITO sapecas.

Resumão e considerações finais:


Porquinhos da índia: Vida: Eles podem viver até os 6 anos de idade.
Recomendação: Para crianças maiores de 11 anos.
Alimentação: Ração apropriada, muita água, legumes, feno e frutas frescas (as frutas devem variar entre maçã e banana, se der figo ele poderá morrer).
Personalidade: Medroso, sociável com os da mesma espécie, noturno e muito sujo.

Camundongos: Vida: Eles vivem até 2 anos de idade.
Recomendação: Para crianças maiores de 11 anos.
Alimentação: Ração apropriada, muita água, legumes e feno.
Personalidade: Medroso, territorialista e nada sociável, odeia sair da gaiola e é muito rápido em fugir.

Twister: Vida: Eles podem viver até os 3 anos de idade.
Recomendação: Crianças maiores de 8 anos de idade.
Alimentação: Ração apropriada, água, feno, legumes, queijo e frutas.
Personalidade: Sociável exceto com os de sua espécie, adoram ser pegos e receber carinho, são noturnos e podem tomar banho de pó de mármore.

Chinchilas: Vida: Eles podem viver até os 18 anos.
Recomendação: Para crianças maiores de 11 anos de idade.
Alimentação: Ração apropriada e verduras eventuais.
Personalidade: Pouco sociáveis, não gostam muito de serem pegas no colo. 

Mini Coelhos: Vida: Podem viver até os 6 anos de idade.
Recomendação: Crianças maiores de 11 anos de idade.
Alimentação: Ração apropriada, água, muito feno, legumes e frutas.
Personalidade: Dóceis e sociáveis, adoram brincar no colo e pela casa, muito sapecas.


Muito do que escrevi foi pesquisado com o tempo quando queria adotar bichinhos. O único da lista que nunca tive contato foi a chinchila, o restante são bichinhos que possuímos e cuidamos.




Um comentário :

  1. Olá!
    Eu tenho um pouco de medo de hamster, mas acho fofo rs

    Tá rolando um super sorteio lá no blog, vem participar :D
    Beijos e tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir