11 fevereiro 2014

Semana 5 de 6: Meu passado me condena


De qualquer modo todo mundo tem algo no passado que se envergonha. Muitas meninas que amam Crepúsculo hoje, amanhã vão olhar para trás e rir disso. Assim foi quando eu assisti Rebelde e achei algumas cenas legais ou quando escutava KLB e achava o máximo. Vou listar aqui algumas coisas que eu fiz ou que usei que me envergonham profundamente mas, que na época eu achava incrível.

Pitty: Quem nunca se achou A roqueira porque ouvia Pitty? Pois é. Eu tive essa fase... Ela pode até ser roqueira mas não quer dizer que seja um rock de muita qualidade certo? Nos meus 14 anos, ela era o máximo para mim e eu amava as músicas dela.

The OC: Um estranho no paraíso. Oh série idiota e sem noção, típica das adolescentes na época.

Melissa transparente: Toda menina teve ou quis ter essa melissa de plástico que fazia o maior sucesso. Era muuuuito feia, sério, mas todas as meninas da época queriam uma dessas melissas feias.

Série de livros dos Karas: Se você pertenceu aos anos 80 - 90 e nunca leu, perdeu sua infância. Sério, todo mundo leu ou já ouviu falar sobre essa série que era super conhecida na época. Eu nunca fui muito fã, mas li pelo menos 3 livros da série.

Power Ranger Rosa: Minha ídolo incondicional eu queria MUITO ser ela, passava o dia brincando que era ela. E sim, é uma série absurdamente ridícula hahaha.

Maquiagem: Minha mãe não me deixava usar maquiagem. Por isso, roubava os batons dela e passava como se fosse blush, sombra e saia na rua me achando o máximo.

Fingir: Como todas as minhas amigas amavam Sandy e Júnior e eu achava o cúmulo, fingia gostar para não ser excluída do grupo, o que de fato foi uma grande burrice porque perdi muito tempo com uma bobagem como esta ao invés de ficar com pessoas mais interessantes...

Chutar as bolas dos garotos: Quando fui crescendo acabei me tornando meio malvada. E sem paciência. Então, quando algum menino pedia para ficar comigo ou me perturbava eu batia nele ─ embora uma amiga minha tenha tacado um garoto no chão junto com a cadeira da escola (e quebrou o chão).

Enfim, muitos fatos do passado me dão um pouco de vergonha e acho que todos tem a mesma sensação quando se lembram de fatos do passado. Crescemos, mudamos. E nossos gostos também. É muito fácil ver pessoas lembrando de fatos da infância e rindo a beça quando presta atenção nas coisas que gostava (do tipo sentir o cheiro de álcool das provas ou usar cola tenaz para tirar a "pelinha" da mão.)
Espero que tenha gostado e que compartilhem suas experiências aqui no blog, até mais!


Nenhum comentário :

Postar um comentário