16 março 2014

Matando as saudades!


Passei muito tempo fora daqui né? Nossa. Até me esqueci de como era gostoso postar. Enfim! Ultimamente minhas semanas tem sido agitadas, e eu divido meu tempo entre coisas que preciso fazer, faculdade e meus jogos >__<. Nos últimos tempos assisti uma palestra sobre Anfíbios com o conhecido Sérgio Rangel e foi super gostoso porém desgastante. Além disso, descobri que preciso ir mais para campo se quiser avanças na minha profissão e isso vai levar ainda mais tempo meu. Estou planejando algumas viagens e um estágio. Bem, de qualquer forma, fiz esse post para contar algumas novidades e falar com vocês!



Hoje fui para um aniversário de uma amiga de infância do meu namorado. Foi divertido mas eu estava com tanto sono que não quis ficar muito lá. Ainda assim, foi tempo suficiente pra meu namorado derrubar a panela de arroz (era um churrasco) e quase acabar com parte da refeição da festa rs. A avó da Ana chegou lá com um olho fechado e disse calmamente: Não foi de propósito. Mas estou doente. Estava em casa deitada e vim aqui trazer a panela, já estava voltando. Agora vou ter que limpar e fazer arroz novo.

Bom, eu não sabia se ria ou se chorava da situação já que não havia muita escapatória. Ontem o dia foi longo na Paulista... Ficamos andando e vendo livros na Livraria Cultura... Infelizmente encontramos três pessoas, uma morena e super animada, um rapaz barbado e uma ruiva com a calça bem acima da cintura. Todos falavam inglês animadamente então nós pensamos que eles eram de fora do país, óbvio. Foi aí que, meu lindo namorado resolveu tirar sarro da cara deles, cantando músicas de rap. Eu obviamente mandei ele calar a linda boca dele e ele disparou "Eles são 'whites' não vão entender mesmo". Foi aí que, a moça ruiva com seus livros chegou ao caixa e finalizou as contas falando português claro.
A vergonha não foi maior que a surpresa e rimos muito. Além de termos sido trollados pelos "gringos" eles devem estar rindo da nossa cara até agora.

Tive alguns problemas com a família do meu namorado ─ o que é normal, afinal certo? ─ Não foi exatamente com a família mas com o termo semi-ofensivo que eles usam: Agregados. Para quem não sabe, algumas famílias usam esse termo para os namorados dos filhos/netos. Se você é um agregado, claramente não faz exatamente parte da família. Na minha casa nunca foi muito assim... Nós tratamos como nossos, aqueles que merecem isso, não apenas porque tem o nosso sangue. Por exemplo, se eu me casar com o meu namo, ele não será tratado desta forma. Ele passara a ser de fato um membro importante da família. Como aconteceu com o meu pai quando casou-se com a minha mãe. E mesmo que haja separação, sempre haverá carinho e preocupação (exceto se o motivo da separação for traição por exemplo).
Enfim, eu falei tudo isso porque na verdade é algo que me incomoda. Quando comecei a conviver com eles, comecei a pensar em tratar eles como extensão da minha família. Bom, isso NÃO vai acontecer.
E uma outra agregada (minha cunhada) acabou por disparar acusações graves e mentirosas a meus respeito e isso deu uma certa confusão. O motivo eu não sei, porque nunca fiz nada de mal á ela e pouco tenho contato com a mesma, e a única explicação que eu encontro é: ela leva uma vida infeliz e abalada por isso se torna sensível e maldosa.

Enfim, fora essa confusão toda que me abriu os olhos para a vida, acho que nada demais aconteceu...

Apenas o longo caminho para a faculdade e as lições que estão se tornando mais chatas. Pretendo postar algumas fotos que tirei daqui a um tempo e vou pensar em temas legais para posts.

Dêem a opinião de vocês á respeito do que eu contei aqui e me conte como foi suas semanas!


2 comentários :

  1. Família de namorado é complicado... Tu faz o possível pra agradar e conviver bem , mas chega uma hora que fica insuportável. Bola pra frente, que tudo dá certo :)

    ResponderExcluir
  2. Minha cunhada e uma pesta. Ela fala mal de mim e grita comigo sempre. Eu nunca fiz nada pra ela mas um dia me irrintei e bati nela rs. A partir dai a gnt naum se olha mais. Só que ela semp fala mal de mim pro meu marido e eu fico puta da vida. Meus filhos sao educadinhos, e eu sou mais nova q ela (tenho 23 e ela 32)...

    Ela tem um filho muito mal educado.
    Ele vive quebrando os brinquedos dos meus filhos quando vao na minha casa e eu brigo com eles ai meu marido n gosta. Mas eu trabalho muito pra comprar as coisas pros outros estragarem fora q o menino ja e cavalo tem, 9 anos e meus filhos ten 5 e 2 anos. Acho muito errado mas a minha vontade é dar na cara dela. Um dia vo mandar meu marido escolher entre eu e a cunhadinha dele aquela feiosa do cabelo duro. Mas enfim eu precisei desabafar pq li seu post e me indentifiquei. A familia do meu marido é o ó e eles me odeiam e eu nao gosto deles e por isso q me mudei da casa deles mas quero ficar mais longe deles.

    ResponderExcluir