07 julho 2014

O medo de envelhecer...


Uma das coisas que sempre me assustou, era saber que eu "ia" ficar velhinha. Ficar imaginando quais seriam minhas limitações quando essa idade chegasse, como eu iria morrer e como seria minha vida, me deixava (e ás vezes deixa) muito angustiada. Não quero ficar velha, simplesmente. Sempre disse que preferia viver até uns 50 e tantos anos que já estava bom.

O problema de ficar velha, é que além de ver meu corpo deteriorar aos poucos, eu sei que vou sentir cada perda (visão mais fraca, movimentos lentos...).
Amo idosos, do fundo do meu coração. Eles tem as melhores histórias e são uns lindos. Mas eu realmente não sei lidar com essa idade. Talvez porque eu tenha visto casos absurdos de abandono, de maus tratos e pressão psicológica em cima de pessoas que apenas precisam de atenção. Morro de medo de sofrer com isso também. O que já me levou a questão: Ter filhos, sim ou não? Um dos motivos para eu pensar sobre isso, é saber que na velhice, onde EU vou precisar deles, talvez eu receba o tratamento de ser jogada num asilo e esquecida lá. Ok isso beira a loucura, mas já vi um caso na família da minha mãe onde jogaram na rua uma senhora de 80 anos porque a filha mais velha do casal queria um quarto.
Sorry, mas eu jamais trocaria os momentos que eu passo com a minha avó, pessoa que mais amo no mundo, por um quarto idiota.
As pessoas não pensam nas prioridades, que são as próprias pessoas. O material acaba, e o espiritual?

Mais um problema, é que os idosos são ultrajados pela sociedade. Parece que eles não são considerados pessoas, e sim entulho. Aquela coisa velha, tipo o carro do meu tio, que não serve para nada? Já eu penso diferente. Se aprendêssemos com eles, talvez tivéssemos menos tempo para perder com bobagens...

Eu queria continuar jovem, dentro das possibilidades. Queria poder viver muitas experiências, e morrer com mais dignidade, morrer simplesmente porque chegou a hora. Não porque meu corpo está acabando aos poucos, ou porque eu levei um tombo e quebrei a bacia. São coisas assustadoras para mim. O que é completamente INFANTIL.

Estou aprendendo com os dias que passam, e estou me forçando a pensar também, que isso tudo é normal e que a maioria das pessoas passam por isso. Que as perdas que sofrerei no meio do caminho (outro problema da velhice é ver as pessoas que amamos partir...) são absolutamente temporárias... Que basta eu ter paciência e pronto. Mas na prática é tão dificil...

A coisa que mais prezo em ficar velha, é a experiência que venho ganhando. Admito que minha cabeça mudou muito e minhas prioridades também. Queria eu, ter 13 anos com a cabeça de hoje...

Enfim, eu não sei como lidar com a velhice. Parece que quanto mais o tempo passa, outro problema da velhice me atinge: Medo. Quanto mais velha eu fico, mais eu temo algumas coisas que jamais temi antes. Como passar as madrugadas na rua, zoando com meus amigos. Como falar abertamente com estranhos aleatórios, encontrar amigos de internet por aí entre outras coisas.

Vocês acreditam que outro dia, na casa do meu namorado, eu estava sem sono e fiquei a madrugada vendo TV, e passou um programa sobre artistas com problemas com fantasmas, e uma sensitiva ia encontrar eles e resolver a questão. Ok, era o caso de um carinha lá que teve uma experiência horrível no colégio. Teve um momento, que depois de acontecerem várias coisas estranhas, a sensitiva disse: "Vocês escutaram isso?" E a casa toda em silêncio, até que eu escuto um gemido "bruuuuuuuh" pronto. Meu útero escorreu pelas minhas pernas e ganhou vida própria. Eu fiquei metendo tapas no meu namorado para acordar ele, e dizia que ele estava roncando só para ele acordar e falar comigo (medo). Enfim, se eu fosse mais nova, estaria gravando no celular e mandando pra todos ever, mas eu apenas fiquei, cagando morrendo de medo. Quando eu percebi que era minha sogra, que tinha acordado para ir trabalhar finalmente senti o sangue correr pelo meu corpo normalmente.

Enfim, odeio sentir medo. Me deixa fraca, burra.

Eu realmente não sei lidar com a velhice, e não quero comemorar meu niver de 22 anos. Me sinto uma velha e queria encontrar uma maneira de remediar isso. Espero conseguir logo, porque sinceramente é um sentimento ridículo. Ofensivo á vida.

Mas enfim, vocês também passam por isso? Me contem por favor.

Outra coisa, estava pensando em colocar um player aqui no blog (noooossa, tudo a ver com o nosso papo), e queria saber se vocês aprovam: NÃO terá auto-play, relaxem. u.ú

7 comentários :

  1. Eu também morro de medo de ficar velha, porque eu não quero ter filhos e quem vai cuidar de mim? Penso que quando chegar uma idade que eu comece a ter várias limitações, queria logo morrer. Porque continuar vivento seus cento e poucos anos, doente, precisando de alguém para ir ao banheiro? E eu também penso em casar só pra ter alguém cuidando de mim, enquanto eu for mais velha. Mas ainda falta muito tempo, vejo minha avô, que mesmo com algumas doenças e alguns problemas psicológicos devido a idade, que não precisa de ninguém para nada e isso me conforta. Põe player sim, adoraria conhecer seu estilo musical! Beijos, <3.
    http://bitch-here.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Texto muito legal!
    Estava pensando sobre esse medo de envelhecer hoje mesmo...
    Mas, cada idade tem suas angústias...
    Vou deixar para pensar nessa angústia quando estiver mais perto...rs

    Te indiquei para uma Tag lá no blog! :)

    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho muito medo de envelhecer, mas não é das rugas e das olheiras. Tenho medo de não viver tudo aquilo que eu quero, não realizar os meus sonhos e viver uma vida mais ou menos.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texto, ficou muito bom! Já estou seguindo,
    Beijos
    quandoeradoze.blogspo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentei visitar seu blog mas ele não existe =/
      Obrigada pelo comentário e volte sempre
      < 3'

      Excluir
  5. Gente você é muito novinha para pensar assim! Viva sua vida de forma tranquila faça o bem sempre, seja positiva, não tem como plantar flores e colher espinhos certo?
    Concordo com seus medos principalmente o abandono e a fragilidade na velhice, mas cada idade tem sua beleza, mesmo que seja assustador a velhice...
    Quero viver muito mas com saúde e sanidade, eu ri muito sobre sua experiência com o suposto fantasma, a noite tem essa magia qualquer ruído é suspeito...
    Abraço o/

    ResponderExcluir
  6. Coloque o player sim ;)
    E me identifiquei completamente com esse texto! O fato de eu ter terminado a faculdade e estar numa fase mais 'adulta' me assuntou ainda mais, porque agora o que antes de 'futuro' virou agora. O tempo passa tão rápido que o medo surge, porque percebemos que nem tudo está ao nosso alcance né?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir