08 novembro 2014

Mas só chove, chove...


Lembram que eu disse que iria acampar hoje? É, não rolou. Infelizmente eu não consegui ir junto e isso me deixou muito, muito triste. Apesar de não estar muito afim, eu queria estar ao lado das pessoas que são importantes para mim, fora que lá é cheio de coisas interessantes para fotografar. O dia também acompanhou meu humor. Chovendo o dia todo, ficando nublado, leve friosinho... Isso é ótimo para ficar debaixo das cobertas vendo filme e comendo gordices, mas quando se está depressiva, não é nada legal.

A chuva que caia lá fora, caia aqui dentro também. Por isso, resolvi sair sozinha mesmo, ir ao shopping e comprar o presente do meu amigo secreto da faculdade, aproveitei e finalmente me dei de presente uma linda sapatilha que há tempos precisava. Mas ando numa fase meio mão de vaca, então o mc donald's foi uma facada no meu coração mesquinho, por exemplo hahaha.

Tirando todos os problemas, voltei para casa mais feliz. Vi gente, conversei com vendedoras e me diverti com elas, comprei minha amada sapatilha, comi um lanche gostoso, andei pelas ruas, senti a chuva bater em mim. Foi um dia que começou triste e terminou mais feliz, pelo menos.

Assistir The Master's Sun também não ajuda, então deixei ele de lado hoje. (Se trata de um dorama com uma história muito engraçada, mas também muito, muito triste :/).

Enfim, o dia de hoje não foi pior que o flan fracassado que eu estou deixando mofar na geladeira. Embora me faça pensar como o pesar da chuva pode mudar meu humor. O tempo me afeta, e quando está nublado é como se eu que estou tão ligada á natureza me fechasse com o céu. A chuva cai e eu caio com ela, meu humor vai láaaaa embaixo. Mas muitas vezes, é uma queda gostosa, que me faz refletir e ficar quietinha.

A melhor parte, é quando a chuva vai embora deixando aquele cheiro de terra molhada. Os primeiros raios de sol saem tímidos perante as nuvens e os pássaros começam a dançar felizes no céu.

Algo que me acalma e melhora meu dia, é o cantar dos pássaros. Como eu amo esses animais! E também amo ver o céu refletido nas poças de água. Ou as flores cheias de gotas em suas pétalas.

A questão é que eu percebi que sou dependente de estar no meio de pessoas, e isso é um choque. Eu costumo ser muito individual. É difícil lidar com isso. Acho que sou anti-social demais para me sentir parte de um grupo, e quando me sinto, quero fugir dele.

Talvez por isso, meu hábito continuo de afastar as pessoas seja tão difícil de superar... Enfim.
Eu e minhas manias. Meus devaneios. Minhas histórias chatas.

{Acompanhe e adicione meu flickr}.


3 comentários :

  1. Aqui tb choveu, com direito a granizo, tenho essa dualidade chata as vezes, quero me jogar na multidão e rir com todo mundo, mas me lembro que sou ranzinza e as vezes chata ai esfrio e volto para casa e vou me entupir de gordices vendo as séries que eu amo, e de quebra danço uma zumba para queimar calorias...
    Que bom que seu dia terminou bem, nada como um mimo de vez em quando

    ResponderExcluir
  2. É uma pena que não rolou :/ Mas, é bom que chova... Nada como sair e se distrair, não é mesmo?
    O melhor foi que terminou tudo bem. Hoje, e também estou tão sensível, qualquer coisa eu choro.

    verbomaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu também queria uma chuvinha para me animar por aqui...
    Diferente de você, eu fico totalmente feliz QUANDO chove. Para mim não tem nada melhor do que ouvir a chuva caindo no telhado e sentir as gotas no corpo. Cheiro pós-chuva também é uma maravilha. ♥
    Enfim, uma pena que não deu certo, mas pelo menos você se mimou um pouco e deu tudo certo no final. As vezes não era para ser mesmo, então é melhor nem ficarmos chateadas com o que não foi. :~

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir