10 novembro 2014

Por que me isolar das pessoas?


Meu namorado reclama muito comigo. Ele diz que eu me isolo muito das pessoas. Por exemplo, não deixo os meus amigos da faculdade entrarem de fato na minha vida. Não costumo criar vínculos, ter melhores amigos, sabe? Então. Claro que ás vezes sinto falta disso, porque é legal de vez em quando conversar com as pessoas e ter opinião diferente sobre as coisas... Mas não é porque eu não gosto de ter muito contato, que eu não preciso dele, certo? Eu sou uma pessoa que não conta tudo. Muitas coisas eu guardo para mim, a única pessoa que me abro mais, é o meu namorado. E algum estranho eventual que encontro na internet só para desabafar sem compromisso. Porém, não sou o tipo de pessoa que é carinhosa ou fofa com os amigos. Eu gosto de brincar, colocar apelidos, chamar de vaca. Isso para mim, é demonstração de afeto e sinceridade. Aquela coisa de: Ai amiga, como você é linda! Não cola comigo. Soa como falsidade. Talvez por isso, muitas pessoas não queiram minha amizade. Me acham grosseira. Isso não me magoa nem um pouquinho. Gosto de ser sozinha. Isso me deixa fora de formalidades que eu detesto. Por exemplo: É aniversário de fulana, TEMOS que ir á festa dela, porque ela foi com você no cinema outra semana. Nossa, isso me irrita. Não é porque não posso ou porque não estou afim de ir, que não signifique que eu não torça ou goste da fulana. Agora vai explicar isso para ela? Hahaha. Enfim. Sempre que percebo que alguém que não tem muito a ver com a minha personalidade quer se tornar meu amigo, trato logo de afastar. Não me entenda mal porque não faço isso porque não quero a amizade em si da pessoa. Só que eu sei que mais cedo ou mais tarde a pessoa vai brigar comigo, ou exigir coisas que eu não posso dar. Essa coisa de ser carinhosa, me ater á datas comemorativas, lembrar de coisas... Não é comigo. Sou desligada, um garoto mesmo. Pelo menos, nessa parte da minha personalidade. Por isso, eu não sou o tipo de garota que tem melhores amigas, porque melhores amigas postam textos melosos no facebook, são as primeiras a ligar no aniversário da outra. Sabem tudo uma da outra. Coisas assim me assustam. Talvez pelo fato de durante a vida toda ter visto coisas horríveis entre meninas que se diziam amigas eternas, como traição ou inveja, eu não confio nos outros. Principalmente em mulheres. Claro, depende da pessoa, não digo que todas as mulheres são assim, mas a maioria é sim. Não sou o tipo que fica competindo. Quem se vestiu melhor, quem tem mais dinheiro... E isso é algo recorrente nos círculos femininos. Acho que no fundo eu não encontrei amigos de VERDADE que mereçam estar ao meu lado, e eu do deles. Quero poder encontrar pessoas que brincam, que zoam. Mas que quando a pessoa de fato precisa, está lá para dar força. NÃO quero ficar perto de pessoas que eu não sinto nada especial. Quero gente que pense parecido comigo, tenha gostos parecidos, e entenda meu silêncio. Isso é um pouco difícil de acontecer, ainda mais porque vivo num círculo de gente alegre e boêmia. Enfim, não sei porque me isolo, mas sei que não quero viver sozinha para sempre. Mas também, não sinto falta exatamente de amigos. Ás vezes sim, quando quero a opinião de alguém nas compras do shopping, mas... Isso é tão raro... Eu sei que, posso soar arrogante. E que eu não me basto! Mas, o que fazer para ser menos seletiva? Porque honestamente, não confio nas pessoas, acho que elas podem me trair.


5 comentários :

  1. NOSSA, eu me identifiquei muito kkkkkkkk. Porém não tenho namorado kkkkkk. Mas enfim, é sou assim tb, não costumo ter muitos amigos, as vezes da preguiça. Então ficar sozinha é mais da hora.
    www.rosesonblack.com

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente quem tem um perfil mais introspectivo costuma ser julgado de forma preconceituosa, inclusive no trabalho, as pessoas tendem a gostar dos comunicativos, fofos etc.
    Esquecem que cada um tem uma personalidade única e incrível, eu já me acostumei com isso, mas as vezes me incomoda quando alguém me julga mal por ser mais na minha, mas é minha natureza e identidade e se eu tentar ser de outra forma seria infeliz. Mas esses sentimentos passam, e logo vc percebe que é especial do seu jeito, independente da opinião alheia.

    ResponderExcluir
  3. eu sou meio fechada tb. não sou de ter mil amigos íntimos. mas gosto de ser fofa, simpática, sempre que posso. quanto as meninas, eu tb tenho um pouco de receio! acho que foram as decepções passadas com "amigas". hoje eu posso dizzer que tenho UMA amiga beem de verdade mesmo. mas ela mora longe, então fica ruim do mesmo jeito, hehe.
    www.portefeminino.com.br

    ResponderExcluir
  4. Acho que de AMIGO mesmo eu só tenho dois: meu namorado e minha melhor amiga.
    Mas até deles eu me canso as vezes. Sei lá, as vezes eu preciso de um tempo só para mim e tals, mas vai explicar que você não quer sair pelo simples fato de não querer sair?
    As vezes esse negócio de amizade cansa e enche o saco, te entendo completamente.

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir
  5. Bom gente, lendo os vários comentários acerca do assunto, posso dizer que existem os dois lados da moeda nessa história. Vou tentar expor minha opinião, porem sem discordar de ninguém.

    As pessoas são muito singulares, ninguém é igual a ninguém e isso todos já sabem, mas o ser humano é um ser sociável que precisa estar sempre em contato com outros seres, principalmente da mesma espécie. Não tenho namorada e apenas poucos amigos, mas estou quase sempre rodeado de pessoas dos quais gosto e me identifico, e isso me faz muito bem.

    Se isolar é muito bom e às vezes necessário para organizar as ideias por as coisas em ordem, esse tipo de solidão, classificamos como SOLITUDE, é como tirar um tempo pra organizar o próprio armário. Deixa eu explicar melhor! Imagine que você procura uma roupa e seu armário estar uma verdadeira zona, você levará mais tempo pra encontrar a peça que deseja, certo? Porem com tudo no seu devido lugar, você apenas pega as peças que deseja e escolhe as que quer vestir. Não adianta pedir pra ninguém organizar seu armário, porque você não vai saber onde a pessoa colocou as peças, acaba que o tempo que você terá pra procurar será o mesmo que se ele não estivesse organizado. Esse tempo que você tira pra organizar seu armário (suas ideias, você) é normal, saudável e até necessário.

    A solidão que preocupa, ocorre geralmente quando você começa a se isolar das pessoas por achar que elas são diferentes demais de você, que suas ideias e personalidade não fecham com ninguém, ou ninguém que você tenha convívio pelo menos, aí você começará a se sentir incomodada e preferirá ficar sozinha por se achar mais segura. Aí onde que mora o perigo. Esse tipo de comportamento, pode levar a fobias, estresse e até esquizofrenia.

    Esse tipo de solidão e isolamento tão nociva, faz você perder contato com o mundo real e muitas pessoas infelizmente, encontram no mundo digital (redes sociais, bloggs e etc.), um refúgio ilusório, pois nele, quase nada é certo ou verdadeiro. Do mundo real você não poderá fugir, mesmo que se esconda, nele existem coisas boas e ruins, assim como pessoas, mas é necessário encará-lo para o nosso amadurecimento e evolução, porquê mais cedo ou mais tarde, esse mundo irá te cobrar e você tem que estar preparada.

    Não pense que porquê uma pessoa faz isso, é assim ou pensa de uma maneira diferente de você, você não pode conviver com ela, é preciso respeitar a individualidade de cada um e superar as diferenças, isso se aplica o inverso também.

    Quando achamos que uma pessoa fala da gente, pode ser inveja, quando achamos que duas pessoas falam da gente, pode ser intriga, quando três ou mais pessoas falam da gente, aí o problema pode ser nosso mesmo, é hora de refletir e tentar mudar o que estar de errado.

    Abraços

    kleber.morizee@gmail.com

    ResponderExcluir