29 dezembro 2014

Entre maiô e biquini, todos sobreviveram.


Enquanto você está aí se preparando para pular as sete ondinhas e botando calcinha cor de ouro, eu estou aqui em casa, relaxando nesse calor. Praia no fim de ano é um inferno, e eu prefiro a tranquilidade do meu lar. Mas uma coisa que sempre me incomodou foi essa ditadura do vestir. Estou escrevendo esse post, porque pretendo viajar á praia nas próximas semanas, e estou irritada. Desde pequena eu sempre, sempre, sempreee amei de paixão usar maiô, por que não sei, mas eu gosto e pronto. Meu namorado e o resto da humanidade me diz que isso é feio, coisa de velha. Que eu ficarei ridícula de maiô. Aí vos pergunto: A porcaria da bunda é sua para você decidir se quer ou não mostrar? Os peitos são seus pra você sentir eles caídos? A celulite é tua pra você dizer que não liga? Meu bem, o corpo é meu, me deixe viveeerrr.
A pior parte de viajar com a família do meu namorado, é que eu odeio usar biquini. Me sinto pelada. Então, gosto de ficar de shorts e blusinha na piscina. Graças a isso, recebo sermões diários de como estou sendo boba e de como devo aproveitar minha juventude.
De repente, para mim, aproveitar é estar lá coberta, sem medo de ser feliz e ficando de roupa na praia. Existem pessoas que pasmem, mas não gostam de sambar a bunda na cara dos turistas.
Eu quero poder usar maiô sem medo do que vão dizer, porque o que pensam não me importa. A única coisa que me chateia é ter que ouvir sermões sobre o modo como me visto, como eu sou.
Esse novo ano, decidi que como meta irei usar o que quiser na praia e ser feliz. E isso se aplica á vida também. Gente, cada um tem um estilo e deve se vestir da forma que melhor lhe convém.

Eu acredito que para variar, a mulher brasileira que tem que ter corpão, é vista como aquela que usa biquíni pequeno, que está sempre com decotes ou maquiadona. Mas eu acredito que isso aos poucos, está mudando também. Porque vejo por aí muitas meninas que estão usando suas vozes para gritar o que querem usar. E dane-se o que pensam por aí.

Mesmo moda não sendo um problema na minha vida, eu acho que estar de bem com a vida também é se sentir bonita e confortável, e isso se dá em todos os lugares do mapa.

Então, moça que vai á praia e surrou o corpo o ano todo com bombas, gastou o 13º no biquíni, comprou todo estoque de farofa do mercado, uma dica: Isso não te faz mais pop. Eu acho, ou melhor, eu sei, que as meninas que eu admiro são muito mais que meninas que se cuidam e são lindas. São meninas que amam o que vestem, são meninas que olham ao redor e enxergam coisas bonitas, que tiram fotos e delas criam poesias, que não jogam lixo no chão ou não desmerecem outras pessoas.

Para esse 2015 que venha menos cobranças, menos olhares de desaprovação.
Que venha mais amor, que as pessoas se respeitem e aceitem as outras.
Que todo mundo possa usar e abusar daquilo que lhes faz bem, e que isso não seja motivo de descriminar.
Espero sinceramente que todo mundo comece á olhar mais pras pessoas e menos pras roupas.
E mesmo que os outros não mudem...
Eu prometo a mim mesma, que eu irei.
Não irei procurar manter pensamentos preconceituosos em cima de ninguém, porque apesar de parecer um tema banal falar sobre moda praia desta forma, no fundo, isso é só a ponta do iceberg, e muita coisa vem por trás disso.

Espero estar aqui antes do ano que vem, caso não consiga, feliz ano novo meus amores <3


5 comentários :

  1. Oiii, tudo bem? Amei seu texto. particularmente eu prefiro biquini, pois me acho estranha de maiô. Apesar de achar lindo nos outros. mas sei como é isso. eu uso saltos raramente e aqui é um horror. Posso estar linda, mas se tiver de rasteirinha, lá vem meu pai; "ai coloca um saltinho p valorizar" . porra, n quero usar saltinho. e o pior é que por ele, eu usava o tal saltinho ( que de saltinho n tem nada) até para ir na padaria da esquina. não quero puxa. N uso mesmo e que se dane. E como vc mesmo disse, tem tanta coisa que valoriza mais. educação, simpatia, inteligência =D
    E que venha 2015 de maiô, rasteirinha e chinelo de dedo. Um grande abraço. Feliz Ano Novo :)
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ah eu gosto mais de biquine mais acho lindo quem uso maiô.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Também já vivi esse dilema e no fim das contas era shorts e blusinha, eu gosto de maiô, acho elegante e hoje em dia é minha escolha por questão de conforto. Gostei de ver esse texto principalmente vindo de uma pessoa tão jovem, mostra que as coisas estão mudando. Boas festas para vc tb o/

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu post, mim diga onde você conseguiu esta imagem do posto,linda perfeita adorei mesmo...

    Feliz Ano Novo e tudo de bom pra vc e seu blog...

    Conheça o meu blog!

    ResponderExcluir
  5. Eu prefiro usar maiô também, haha. Tamo junta. o/
    Acho biquini muito lindo, mas acho que não é para mim.
    Mas também acho que, se eu quisesse usar biquini, não ia ser da conta de ninguém.
    O negócio é se divertir e curtir a praia. Pra que se estressar com tão pouco?

    Por um mundo mais liberal em que você possa usar o que quiser sem medo de ser feliz. <3

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir