17 janeiro 2015

Pessoas que são presente de Deus.


Quando era apenas um bebê, minha tia que hoje tem 71 anos, teve uma meningite muito forte. Por serem muito pobres e morar num local afastado, meus avós não puderam levá-la logo ao médico. Graças á isso, e uma febre muito forte, ela acabou perdendo alguns neurônios e sofrendo retardo. Sua idade mental é de 7 á 12 anos, e nunca irá mudar.
Ela cresceu, depois minha mãe nasceu, e a vida foi sendo levada. Enquanto tinha corpo de menina, ninguém se espantava por ela brincar com bonecas.
Porém, quando a idade chegou e a o corpo acompanhou ela, as pessoas começaram a não gostar do fato dela falar, agir e brincar como uma criança.
Eu nasci, e fui muito amada por todos. Quando brincávamos na rua, quem "tomava conta" e não deixava que saíssemos da altura do poste (rua sem saída, sabe como é) e fôssemos pra avenida, era ela. A pessoa que brincava conosco em casa era ela. A pessoa que chorava sempre que eu estava muito doente, além da minha mãe e avó, era ela.
Então, apesar de sua pouca idade de coração, ela tinha tanta coisa boa e pura que honestamente nunca entendi o motivo das pessoas a excluírem das festas ou a tratarem com desprezo, mesmo porque, ela nunca foi garota de fazer "arte".
No fim, minha tia me ajudou a ver quem são pessoas boas de verdade. Pessoas que não maltratam alguém pelo simples fato, dela ser diferente, frágil ou fora do comum.
Ela era aquela amiga profundamente sincera, que amava a mim e ao meu irmão, como nenhum outro amigo jamais amaria na vida.
Ela era aquela pessoa, que chorava e batia como uma criança, mas que brincava, ria e se divertia com suas barbies, fazendo roupas para as mesmas.
Minha tia é uma das poucas pessoas, raras. Aquelas que não tem maldade alguma no coração, que em nenhum momento pretende algo pensando de forma maliciosa, não tira vantagem de nada.
Para mim, não há ninguém como ela no mundo. Se existem, estão espalhadas por aí. Fazendo desse mundo cinza, um pouco colorido.
E aqueles que não a querem por perto, meu Deus que dó. Perderam a grande oportunidade de conviver com um ser de alma de fato, elevada!



Essa é uma nova tag do blog, vou apresentar á vocês, pessoas incríveis.


Se você é leitora deste blog, leia por favor as primeiras palavras do post anterior. Elas foram escritas com amor líquido. <3

4 comentários :

  1. Oi Mari, tudo bem? Fiquei muito feliz em saber que meu comentário te fez bem de alguma forma :)
    Li suas palavras lá no post. Linda, como sempre. Nós é que somos gratas, por encontrarmos alguém como vc, sempre com belas e as vezes divertidas palavras para o nosso dia <3
    Dê um beijo em sua tia por mim. Realmente pessoas asism são raras e nós só temos a agradecer quando as encontramos. Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O preconceito se manifesta de várias formas, mas como sua tia tem uma mentalidade de criança conservou a inocência e não sofreu muito com isso, com o que os outros pensavam dela por exemplo. Gostei da nova tag, precisamos mais desse tipo de assunto pois o mundo anda tão cheio de coisas ruins. Um abraço o/

    ResponderExcluir
  3. Elevada, essa é a palavra, amiga. Não resumiria de outra forma. Adorei a tag.
    Obrigada por dividir.

    Bjos

    http://chuvadecamelias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A sua tia é uma maravilha! Que mulher mais fofa e querida. ♥
    As pessoas tem tanto preconceito, que deixam de conhecer e experimentar coisas incríveis por causa de besteiras. Gostei muti de conhecer sua tia, tenho certeza que ela deve ser um amor de pessoa. *-*
    Ansiosa para conhecer mais pessoas incríveis assim por aqui. :)

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir