16 fevereiro 2015

Bioglando


Como vocês me apoiaram, resolvi fazer o tão temido post sobre Biologia.
Eu decidi fazer essa faculdade numa das aulas do colegial, 3º ano. Meu professor era sensacional. Ele entrava na sala, mandava-nos olhar pra ele e esquecer a lousa. Ele não escrevia nada. Apenas falava. Para estudarmos pra sua prova oral, a qual precisávamos levantar da cadeira e não podíamos olhar pra trás ou pro lado, ele passava 100 questões duas semanas antes das provas. Devíamos pesquisar e escrever tudo o que sabíamos pra estudarmos aqueles temas.
No dia da prova, ele sorteava aleatoriamente algumas perguntas e fazia pra gente. Quem acertasse todas tirava 10 de nota, isso se o caderno estivesse completo e sem um adesivo ou desenho.

Em uma de suas aulas de genética, na rara ocasião que ele estava escrevendo algo pra copiarmos, enquanto explicava sobre genes, virei pra minha amiga da época e disse: "Vou fazer biologia".

Foi aí que decidi minha área, porque além de sempre amar a natureza e a ciência, meu professor era tão impressionante que influenciou 100% da minha decisão. Até então, eu só sabia que queria comprar um playstation.

Quando entrei na faculdade de Biologia, fui super nervosa, porque sabia que era algo bem difícil. É tão difícil como medicina, porque além de entender o funcionamento do corpo humano, precisamos entender o funcionamento dos animais, dos micro-organismos, dos vegetais, do seu meio ambiente, de como precisamos preservar esse meio, de ambientes rochosos, praianos, montanhas etc. Aprendemos sobre rochas, gemas, atmosfera e ambientes, placas tectônicas, vulcões, tempestades, solo, desertos, neve, entre tantos.

Precisamos entender nosso planeta, amar todas as espécies e acima de tudo, respeitá-las. Não podemos jamais, pensar em prejudicar a fauna ou flora por motivos escusos. Nosso dever é logo protegê-los e preservá-los, descobrir novas espécies, novos medicamentos, novas curas, novos meios de economizar água, por exemplo.

O Biólogo trabalha em muitos ramos. Como por exemplo uma paixão pessoal, a Biologia Marinha. Imagine-se mergulhando em profundos oceanos, cuidando e preservando animais fantásticos como golfinhos com seu maravilhoso ultrassom, a orca com suas cores fascinantes, os extensos corais, os pequenos crustáceos e as cianobactérias? Pois é. Projeto Tamar está aí pra animar as pessoas á cuidar da vida marinha.

Também há um ramo muito particular chamado Astrobiologia. Este é meu sonho distante. Imagine-se estudando as estruturas de outros planetas, buscando neles, vida, e um pouco além de tudo isso, trabalhando para que possamos criar um ecossistema que sustente vida nos mesmos? É isso que astrobiólogos de sorte da Nasa estão fazendo neste momento.

Mas se você tem sonhos mais singelos, pode optar por exemplo, em trabalhar com Análises Clínicas. Analisar sangue, urina entre outros, para detectar doenças como infecções por exemplo.

Trabalho semelhante de geneticistas por exemplo, que trabalham diretamente analisando células para descobrir se você tem câncer ou se é pai mesmo daquele guri.

Você pode trabalhar também como Zoólogo, conhecendo vastamente as espécies animais, se especializando em uma ou mais espécies. Diferente do que muitos pensam, nós não sabemos sobre todos os animais. Aprendemos de forma geral sobre eles, e aí escolhemos por exemplo as Libélulas como animais de estudo profundo. Aí nos especializamos e aprendemos tudo sobre sua vida, sua alimentação e seus hábitos.

Mas lembre-se, um biólogo sempre deixa a natureza agir. Se você observar uma zebra sendo devorada por um leão, não fique com raiva do felino ou tente impedi-lo. Assim como o ser humano mata vacas para seu próprio alimento, os animais carnívoros precisam caçar para além de sobreviver, controlar a quantidade de animais.

Na Europa, na idade Média, resolveram matar todos os gatos por acreditarem representar o demônio. Não demorou, e as cidades se cobriram de ratos, esses que com suas pulgas transmitiam a temida Peste Negra.

Ou seja, sem gatos, com ratos em demasia, doença.
A natureza é sábia, e fez tudo de forma que todos nos encaixássemos neste mundo.
O papel do biólogo é respeitá-la, e garantir que ela siga seu curso da forma mais natural possível.

Falando sobre as aulas da faculdade, logo aviso que não são fáceis. Minha grade horária vai desde fisiologia humana e microbiologia, até zoologia, sistemática vegetal e engenharia genética.
Portanto, aquele que quiser ser biólogo e tiver uma área específica em mente, aguente firme, pois terá que passar por matérias nada  a ver com você até se formar e fazer sua sonhada pós graduação.
E logo aviso que no Brasil, biólogos são ignorados como cientistas, e todo mundo nos enxerga como Sérgio Rangel da vida, que apesar de ser um MARAVILHOSO biólogo, deu fama de entendedor de bichinhos exóticos dos programas infantis.

Quando alguém fala em biólogo: Todos logo pensam, aquela pessoa que se enfia no mato e come minhoca. Que vive pra caçar bichinhos, analisar eles e soltá-los na natureza. Ou no mínimo, instrutores de zoológico.

Mas somos mais que isso. Somos aqueles que analisam seu exame quando seu médico prescreve, somos aqueles que trabalhamos para desenvolver vacinas e curas, somos aqueles que analisamos seu genótipo para saber quais suas chances de ter câncer na vida, somos aqueles que cuidamos da natureza e do ser humano com toda amplitude possível.

Por isso, ser biólogo é uma grande coisa. É uma profissão maravilhosa. Porém, você irá estudar demais para ter pouco reconhecimento aqui. Se quiser ganhar bem e ser renomado, precisa ir pra fora. Além do mais, precisa estudar de verdade, ir nos laboratórios de finais de semana, analisar peças cheias de formol e ver crianças, idosos e todos os tipos de órgãos cortados bem na sua frente.

Ser biólogo é cuidar da vida.

Para ser biólogo é preciso ter paciência, decorar nomes científicos impossíveis, amar a natureza acima de tudo, ser racional, lembrar-se de ser cientista.

E aí? Acha que consegue encarar? ♥

Não sei se deu pra entender bem meu ponto de vista, mas espero que sim. Ainda estou pensando em fazer novos posts com esse tema. Caso achem interessante, o que gostariam que eu postasse á respeito?


Sou a bióloga que parece uma escritora e tem gosto de fotógrafa.

4 comentários :

  1. Eu não encaro biologia porque é minha pior matéria na escola haha mas acho fascinante, de verdade. Fiquei feliz por ter compartilhado sua experiência aqui. Para a escolha da minha área, que futuramente será exatas, infelizmente nunca tive muito incentivo na escola, por isso achei mais lindo ainda quando você disse que seu professor te inspirou a seguir essa carreira.

    Sobre as carreiras que você disse pensar em seguir, eu acho ambas fantásticas, até porque envolvem a exploração de lugares que ainda não conhecemos por completo, mas acho que, entre as duas, eu seguiria na astrobiologia. Por mais difícil que seja, se é o que te faz feliz, não desista!

    Muito obrigada por compartilhar sua experiência ♥
    Beijos,
    Nalu
    http://coisasafiins.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari. Nossa, esse seu texto foi quase uma declaração de amor né? Acho que muita gente aqui vai acabar sendo influenciada, heheh, o que é uma coisa maravilhosa. Não é a minha praia, mas para quem curte, seu texto deu uma baita aula. Eu já fiz química sabia? Técnico na verdade. Mas não curtia. Sei lá, laboratório não é pra mim. E uma das matérias era biologia. para ser mais exata, microbiologia. Mas eu desisti do curso bem quando cursava essa matéria. Então já viu né? Beijos e todo o sucesso do mundo nessa carreira
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu não dava nada para essa área.
    R: A sério era do tempo do weblogger? às vezes tenho saudades desses tempos.
    Beijinho
    http://adonadasushi.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. \o/ \o/ Texto lindo moça! Ser biólogo é amar, entender e respeitar a natureza e tudo que faz parte dela, e é um dos cursos mais cansativos, difíceis e lindos que existem, e infelizmente o biólogo é desvalorizado no nosso país, mas não perco a esperança de ter o reconhecimento necessário tanto o bacharelado quanto quem fez licenciatura. Eu sempre amei micro e zoologia, talvez me especialize em um dos dois.
    Um abraço e continue postando sobre Bio, se der pode entrevistar algum colega de curso, ou professores, eu tenho saudades de alguns mestres que são figuras incríveis!

    ResponderExcluir