04 março 2015

Climão


Ultimamente mal estou postando no blog. Isso porque me fugiu inspiração. Mas isso é por causa da minha vida pessoal. No momento ela está tão embaralhada, que eu nem sei onde estou. Em casa, tudo normal e monótono. Na faculdade, minha sala composta por meu ex namorado infantil que fica fazendo brincadeiras ousadas com duas meninas da sala, provavelmente na esperança de me provocar. Fora, um garoto completamente grosseiro, que vive xingando as pessoas e professores, e que me tira do sério me fazendo armar um barraco toda vez. O curso que eu amo de paixão, está perdendo as cores para mim, por causa das pessoas. Não sinto vontade de ir para lá.
Todo mundo fechado, dentro de seus grupos, tirando com a cara um do outro, se alfinetando. Nossa, eu detesto minha sala de aula, é muito ruim você ir para um lugar e se sentir mal depois.
Minha vida amorosa está parcialmente linda. Mas não posso entrar em mais detalhes. <3
Só que essa faculdade está sugando até as energias dos meus ossos. É uma obrigação horrível, e todos os dias me pego criando desculpas para ficar em casa.
Não gosto de ir em um lugar onde não sou bem-vinda, ou melhor, onde ninguém é. Na minha sala, quem é diferente é excluído. E quem é igual á todo mundo fica se devorando como cobras no ninho de passarinhos.
É tão ruim tudo isso... Meu Deus que vontade louca de trancar. De fugir pra fotografia e ficar lá pra sempre. De esquecer que um dia fiz parte dessa sala.

Por isso, todos os dias estou de mau humor. Todos os dias, estou chateada com algo. Todos os dias, me sinto sem vontade de postar, sair ou viver.

Pessoas me cansam. Pessoas ruins me cansam. Pessoas maldosas me cansam.

Preciso saber como fazer para que nada disso me afete, para que eu viva minha vida sem fazer parte de coisas ruins, sem me abalar por pessoas preconceituosas, que zoam um menino que não faz mal pra ninguém, por exemplo, só porque ele é especial e tem problemas de aprendizado.

Meu Deus preciso sair desse ambiente. Porque sério, eu piro. Eu piro porque não consigo me calar diante de pessoas maldosas. Sinceramente, estou no Planeta errado, quero morrer e renascer extraterrestre o/


6 comentários :

  1. Pessoas ruins tb me cansam, muito na verdade, sei que deve ser complicado mas um conselho, se vc ama o que estuda digo o curso, as matérias, não tranque por causa de pessoas, isso é fase e passa, logo quando o caldo engrossar quem ta só de bobeira no curso toma aquele susto e dá um tempo nas infantilidades, e que não toma jeito desiste, os melhores ficam até o fim e se especializam...
    Que bom que vc ta tendo coisas boas tb :)

    ResponderExcluir
  2. Pessoas ruins cansam, são um pé no saco. Eu desejo secretamente a morte de todas elas - já vai tarde e não sentiremos sua falta. Acabei até criando um "escudo do foda-se" quando tenho que lidar com situações que envolvam pessoas desse tipo. Mesmo que minha maior vontade seja tacar os cinco dedos na fuça do infeliz.
    E se me permite um conselho: não desista do que ama por causa de uma (ou várias) pessoa. Faça o que gosta, o que te faz feliz. Esse tipo de gente só quer ~causar o caos~ e provavelmente logo logo desistirão o curso. Se você acha REALMENTE insuportavel, talvez trancar para voltar no próximo semestre com pessoas diferentes seja uma opção. Só não desista do que te faz bem. :)

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir
  3. Poxa, isso é tão triste! Eu sei o que você está passando porque já passei por isso. Falta quanto tempo para vc se formar? Se for pouco tempo dá para ir levando, o problema é se ainda tiver muitos anos pela frente. Precisa repensar se é isso mesmo que você quer como profissão ou se, mudando de sala, de unidade ou de período, a situação de repente pode melhorar. Beijos e as coisas se ajeitam, acredite! www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu odeio quando fico assim, achando tudo sem graça, é muito tenso, ainda mais quando você tem um ex namorado que estuda na mesma sala que você, bom é péssimo, mas tomara que as coisas melhorem.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu sei bem como é isso. Já te disse que eu cursava técnico em química né? Desisti uns dois meses antes de me formar, porque eu não aguentava mais aquilo. Aquele deveria ser um ambiente com gente madura não deveria? Mas não era. Assim como na sua faculdade. O pessoal não calava a boca, ficavam a aula toda conversando e falando mal dos outros, tiravam sarro, tudo, tudo isso. Eu não aguentei. Mas eu não me arrependo, pois graças a isso, hoje faço o que eu amo de verdade, que é escrever. Mas se você ama mesmo seu curso, seja forte. pense em coisas positivas, tente se desligar um pouco dos outros. Eu sei que é difícil, sie mesmo, mas a gente precisa tentar ser mais forte que as pessoas ruins :)
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir