10 agosto 2015

Tenha medo com o que deseja!


Me lembro que quando o meu ex namorado terminou comigo, fiquei tão chateada que achava que deveria fazer de tudo pra voltarmos. Sério, sofri cerca de 1 mês para dois anos de relacionamento. Eu não costumo sofrer por pessoas que se afastam, não por muito tempo pelo menos. E acho que 1 mês foi muito tempo. Não digo que hoje, passado uns 6 ou 7 meses, eu não sinta saudades. Saudades dos BONS momentos. Saudades de coisas boas que vivemos e de todo aquele amor. Mas não posso dizer que gostaria de voltar com o relacionamento, mesmo porque se fosse tão bom não teria acabado ;)

O que quero dizer, é que o fato de ter saído desse namoro, que era tudo pra mim na época foi algo muito bom. Me lembro de ser muito fechada antes de começar á namorar ele. Não tinha o traquejo social, não sabia como fazer amigos e conviver com as pessoas. Era tímida, tinha vergonha de existir. Enfim. Graças ao namoro, aprendi a ser mais extrovertida, a curtir a vida, não ter medo de arriscar, de viajar ou qualquer que fosse minha vontade.

Porém, chegou um momento que eu estava presa ás mesmas lições, e tanto eu quanto ele não tínhamos mais o que acrescentar um ao outro. Eu era muito chata, uma velha de 80 anos reclamona, ele um garoto cheio de ímpetos e vontade de viver aventuras. Eu, era mais realista e centrada, porém pessimista. Ele, realista e centrado, porém sonhador. Os papéis meio que foram se invertendo. Comecei a querer aproveitar mais, a viver, a me aventurar. Ele, começou a não querer mais fazer isso comigo. Sentia aquela saudade de viver os bons anos que todo jovem rapaz quer. 20 anos poxa vida, ficar preso á um relacionamento é sufocante. E não podia discordar, pois sentia o mesmo.

Querer conhecer gente nova, viver novas experiências, me perder pelo mundo. Queria isso. Mas não tinha coragem de admitir. Porque existia tanto, mas tanto amor... Que eu não queria admitir. E ele graças a Deus, conseguiu. Foi triste pra ambos, mas foi o melhor.

Hoje vejo ele raramente. Também não acompanho e nem procuro saber de sua vida, embora torça muito pela sua felicidade. Mas sei que ele está feliz, viajando e curtindo a vida.
Eu estou bem também. Amadureci demais. Consigo enxergar as coisas de forma diferente e ser bem mais altruísta. Além de que estou vivendo coisas que nunca vivi antes. Experiências novas, amizades, gente diferente e fora da caixinha. Tenho liberdade que antes não tinha, ainda mais pela possessividade dele. Hoje eu consigo me entender melhor, e sou muito mais adulta. Sinto que sou forte pra ir pra cima dos meus sonhos, pra fazer o que tiver afim na hora sem medo do que vão pensar.

Se quero viajar, eu dou um jeito e vou sem pensar muito nos prós e contras como fazia antes. Não deixo mais detalhes impedirem minha felicidade. Estou cada vez mais responsável em alguns aspectos. E não estou mais tão "disponível" pro amor. Quero sim um dia, daqui uns anos, namorar novamente e encontrar alguém especial. Mas com certeza não vou deixar minha felicidade de lado.

Outro caso interessante é de um ficante, que comentei no post anterior. A história foi a seguinte: Nunca fiquei por ficar, nunca transei sem amor. Ou pelo menos sem estar namorando. Sempre me orgulhei muito disso. Porém, nesse meio tempo de descobertas, resolvi que se quisesse ficar ou ir até mesmo além por sentir vontade faria. E foi o que fiz. Encontrei um carinha muito legal, e rolou aquela química absurda. Nada além disso, nunca sentimos a menor vontade de ir em diante ou ter algo sério, era só curtição.

No fim, fiquei e fiz tudo o que quis. Porém, ele foi um tremendo cuzão trouxa e resolveu sumir logo que rolou. Inicialmente não liguei muito, mesmo porque estava bem resolvida. Porém, eu sentia que aquela não era eu, que fazer esse tipo de coisa por fazer não me dava prazer e me deixava mega triste no final. Resolvi que não iria mais fazer isso com ninguém, só claro com meu futuro namorado.

Enfim, ainda assim tinha muito carinho por ele, e fiquei chateada pela falta de respeito que rolou. No fim, passaram-se meses e ele veio falar, com a maior cara lavada. Disse que tinha voltado pra ex e estava feliz. Mas que gostava demais de mim e que não queria que eu odiasse ele. Obviamente não o odeio, tinha até esquecido e então a surpresa: Ele começou a mandar foto do seu atual corpo, querendo dar uma de sensual e dizer coisas como "você está linda", ou "arrasou com o decote em não sei que foto" e etc. No fim, até pra lua de mel com a futura esposa ele me chamou. Foi alí que percebi que graças a Deus não ter dado mesmo certo.

Que tipo de babaca fala esse tipo de coisa, sendo que está namorando alguém que ele julga ser o amor da vida dele? Ainda completou dizendo que ia apagar a conversa pra Mariana não saber de nada. Gente, minha vontade era ir na menina e falar: Gata, você é mais. Muito mais que isso. Mas não sou de me meter e nem vou.

Enfim, hoje sou uma pessoa mais bem resolvida, com mais histórias pra contar e mais coragem pra viver. Tenho mais amigos que antes, estou abrindo portas pra novas pessoas fazerem parte da minha vida, novos sonhos e com certeza, me sinto mais madura.

Tenho muito que aprender, mas uma das coisas que sei com toda certeza, é que nem tudo que desejamos é o melhor pra gente. Que o mundo pode ser muito bom, e que as coisas podem SEMPRE melhorar só depende de nós.

"Nenhuma tristeza é eterna assim como nenhuma felicidade é durável... Saiba aproveitar cada momento e tirar o melhor de todos eles." Chico Xavier.

4 comentários :

  1. Oi Marina! Que lindo desabafo, o que você disse é verdade.. Temos que ter cuidado com o que desejamos...
    Já tive vários relacionamentos e aprendi com todos eles, hoje fica uma lembrança boa das coisas que eu já fiz e aprendi ao lado dos meus ex, porém hoje me considero muito mais madura com a relação que estou vivendo.. ^^

    E não foi muito tempo o seu sofrimento não viu? Eu ja terminei relacionamento de 1 anos e fiquei mal por vários meses.. Te achei muito madura!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc guardou as boas lembranças do seu relacionamento passado, é isso o que importa.
    Complicado a segunda história que vc mencionou, digo pelo fato do garoto ter sido um babaquinha mas vc é uma menina doce e madura e logo logo irá atrair alguém tão digno quanto vc :)

    ResponderExcluir
  3. Tu termina esse post super tocante com uma imagem do melhor casal :((((
    *feelings*

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br
    https://www.facebook.com/GotasdeCafeblog
    Se puder curtir a Fanpage agradeço xxx

    ResponderExcluir
  4. Hoje eu sou casada, mas antes do meu namorido namorei com uma pessoa que me fez muito o mal. Mas não é só o mal de coisas más mas mal de sentimentos. Ele conseguia deixar meu estado de espirito pra baixo, conseguia me deixar sempre infeliz. Ate que não teve jeito, terminamos é foi com certeza a melhor coisa pra mim é para ele também. Adorei o texto desabafando. Beijos coração.
    http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir