18 fevereiro 2016

Para pensar um pouquinho


Estava conversando com minha amiga, sobre um ser humano (há controvérsias) do meu passado que se transformou num babaca nojento escroto e começou a me dar ódio e aflição saber que esse ser humano (será?) possa estar se dando tão bem no trabalho, sendo que ele é um SER HUMANO ESCROTO. Faz coisas ruins com as pessoas, não respeita ninguém.

Um ódio subiu imenso no meu coração, e minha vontade era ver essa pessoa se ferrar e eu ia dizer : A RÁ! Mentira nem ia dizer, mas ia gostar. A questão, é que essa minha amiga falou um negócio que eu não sei se me senti levando uma bica na face ou se queria abraçar ela.

"Não se trata da vida dele, e sim da sua. Você está criando um câncer dentro de você por alguém do seu passado. Ignora, vai viver a sua vida e deixa ele viver a dele como acha que deve".


Ás vezes deixamos coisas que não tem nada a ver com a gente, que não interferem na nossa vida, que não fazem parte do nosso ciclo de amizades interferirem de tal forma que acabamos tristes ou chateados.
Fato é que todo mundo tem o direito de levar a vida como acha certo e não podemos fazer nada. As pessoas ao nosso redor é que devem escolher se permanecem ao nosso lado ou não, então não tenho o porque sentir raiva ou desejar coisas ruins. Passou. Passado. Foi. Seja lá o que vai ser da vida dessa pessoa não me diz respeito.

Acho que aquela sensação de injustiça que eu sinto, é algo que vai permanecer comigo por um tempo. Imaginem alguém que trata as pessoas mal, é preconceituosa, não respeita a mãe, namorada, irmã, que trai, que é cafajeste e que sai gritando pro mundo (ele tem namorada tá?) que queria uma mulher rica, pra bancar ele e que se a nova professora da faculdade gringa for bonita ele vai morar com ela fora do país porque ela deve ser rica.

Aí, esta mesma pessoa que é talentosa e dedicada ao trabalho se dá muito bem no ramo e evolui bastante, porque foi a oportunidade de emprego que você deu á ele. Antes eu ficava feliz e satisfeita em saber que tinha ajudado alguém á crescer, mas hoje não sinto mais orgulho. Acho que por ter dado esse emprego pra pessoa, é que eu sinto um mal estar grande... Porque ela realmente não é o tipo de pessoa que você gostaria de dizer: Olha é meu amigo. Ele é aquele tipo de pessoa que você se afasta... Mas aí eu percebi uma coisa: Quem sou eu para julgar? Independente do que eu acho certo, as pessoas tem seus próprios caminhos e ideias de felicidade para seguir, e não sou eu quem vai decidir se ela será feliz ou não.

O que chega naquele ponto que já discutimos aqui antes: se mesmo assim ele tem pessoas á volta para maltratar, é porque essas pessoas se permitem á viver essa situação. Portanto, o melhor que eu posso fazer é ficar longe, continuar minha vida e seguir da melhor forma possível, simplesmente esquecendo que essa pessoa existe e procurando 1: Não saber mais nada dela e 2: ser menos crítica.


Acho que é normal a gente sentir raiva ou injustiça em algumas situações na vida, mas o que importa é que não podemos deixar esses sentimentos vencer, precisamos nos apegar ás coisas boas, realmente importantes na nossa vida e sempre seguir em frente sem olhar pra trás. O passado é importante porque graças á ele construímos nossa história e formamos nosso caráter e aprendizado de vida, mas não podemos nos apegar á ele e viver ele, pelo menos não muito.

O lado bom do passado é tirar boas lições e lembranças, e sentir aquela nostalgia goooooostoooosa que a gente sabe que enche nosso coração de felicidade. Mas não podemos deixar ele interferir no nosso presente ou futuro.

Então é isso, se mais alguém tem esses sentimentos ou problemas como eu tive, espero que esse texto tenha ajudado um pouquinho á esclarecer as ideias e que parem de viver coisas que não temos necessidade de viver! Um grande beijo, e até mais ♥.

11 comentários :

  1. Nossa :o tudo que eu precisava ler agr :o
    Adorei teu blog, sério...
    Vem conhecer o meu rs? sariandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha te ajudado! Logo logo estarei te visitando ♥

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto, na minha vida já deixei e deixo ainda, tenho que melhorar.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil deixar as coisas de lado, mas precisamos :(

      Excluir
  4. oi, oi.

    acho que eu te entendo perfeitamente. tem tanta gente que eu ajudei e que hoje não faz nada pra me ajudar... já fui chefe uma vez e ajudei pra caralho tanta gente. pedi demissão e recorri a essas pessoas pra me ajudarem num outro emprego bacana. se elas me ajudaram? hahaha. muitas até hj nem responderam minhas mensagens. mas o lado 'bom' disso é que a gente aprende que há pessoas e pessoas, e que devemos sempre estar de olhos abertos diante de todas elas. e não: odiar não vai melhorar a situação. é só deixar de lado mesmo e tocar a vida em frente.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exaaatamente, odiar e remoer não vai mudar nada, só te deixar mal ♥

      Excluir
  5. Eu sou uma pessoa muito rancorosa, isso não me faz bem mas mesmo eu tentando mudar, não consigo. Constantemente eu me magoou e as pessoas sabem do meu jeito mas mesmo assim insistem em dar mancadas feias. Sou do tipo parceira pra tudo mas quando alguém me magoa eu me fecho para aquela pessoa e perco a confiança nela.
    Isso não me faz bem e eu estou tentando mudar, admito que não é fácil :c
    Amei teu texto e sim, eu também levei um tapa na cara ao ler a frase que sua amiga disse a você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, se não consegue se livrar sozinho podia visitar um psicólogo por ex. EU mesma tenho vontade de fazer umas consultas sabe? Acho que faz bem, ajuda a vencermos nossos medos e passar diante dos problemas. Vamos ver hahaha.

      Excluir
  6. Concordo muuuuuuuuuuuuuito com seu texto!!! As vezes me vejo assim!
    Mas sabe, somos humanos e sempre vamos ficar procurando coisa ruim em seres humanos escrotos. As vezes, lá no fundo, bem no fundo ele tem um lado bom que na empresa enxerga e a gente não rssss
    As vezes o segredo para evitar esse cancerzinho é se distrair com coisas q a pessoa gosta, espairecer... porque viver com ódio não é bom p ninguém, né!

    ❥Blog: www.amigadelicada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a melhor forma é fazer aquilo que amamos e nos faz bem! ♥

      Excluir