15 abril 2016

Sobre o varejo


Quando você entra numa linda loja e vê aqueles vendedores sorridentes que lhe dão a maior atenção e são super solícitos, você nem imagina que por detrás disso existe uma indústria de maus tratos e pressão moral absurda.

O que acontece de fato? Os vendedores precisam sempre estar bem maquiados, sorrindo e com postura fina, para poder assim receber bem seus clientes. Até aí tudo certo. Também precisamos trabalhar o dia todo em pé, não podemos "escorar" ou "sentar" na loja pois daria impressão de desleixo e os clientes não iriam entrar em loja. Se for para conversar tem que ser longe, um de um lado e outro de outro lado da loja, nada de rodinhas para não intimidar os clientes. Além disso, quando um cliente mau educado que JOGA PÓLOS EM VOCÊ (sim, você leu certo, joga) ao invés de abrir a boca para dizer que não gostou da cor, você precisa manter o sorriso e a educação. NADA de maltratar clientes, pois eles sempre tem razão, e o seu chefe te enxerga como número, se você dá qualquer tipo de problema, vão te convidar á se retirar.

Tudo isso que estou falando se aplica á loja de shopping, não de rua. Lá, é tudo muito mais agressivo e dinâmico. Em loja de shopping você precisa ter em mente que não existe amigo, não existe irmão, não existe humanidade. Existe você e sua meta.
Ou você tá achando que vender é bagunça?

Quando você começa numa loja, normalmente a equipe é super receptiva e te ajuda muito. Mas ao longo dos dias, tudo muda. Você percebe que quando os números começam a apertar não existe amizade alguma: é gente que rouba sua "vez", gente que pega suas reservas e passa em outro nome, pessoas que fingem que tal cliente é dele quando na verdade não, gente que puxa teu tapete das piores maneiras possíveis. Se você se destacar muito em loja cuidado: a probabilidade de alguém fazer de tudo para você ser demitido é bem alta.

Quando você entra em loja para "dar uma olhadinha" o vendedor que está como primeiro na fila irá te atender. Se você entrar em uma loja de sapatos e perguntar: "Oi você vende óculos de sol?" obviamente o vendedor não vai "rodar" ou seja, por não existir tal produto na loja a pessoa continua na fila para atender. Mas se o cliente entra olha toda a loja só pra passar o tempo e não leva nada, o PA do vendedor despenca. Sim, vocês podem achar que não, mas essa coisa de entrar numa loja e não levar nada pode causar a demissão de um vendedor, por isso a menos que seja loja de departamento como Forever 21 eu não entro numa loja sem a real intenção de comprar algo.

PA são PEÇAS POR ATENDIMENTO ou seja, eu atendi 3 clientes hoje por exemplo, se apenas 2 deles levaram uma peça cada, meu PA será de 1,5. Normalmente as lojas exigem PA de 2, como é meu caso, mas na empresa anterior era PA de 3. Ou seja, a cada 3 clientes atendidos, os 3 tinham que levar 3 peças. Quando isso não acontecia, no meu feedback mensal ou semanal a gerente sentava comigo com uma folha em mãos contendo meus números: Meta, PA e VM, e já questionava o por que do meu PA estar tão baixo e claro, fazendo veladas ameaças de demissão.

O gerente adora perguntar para gente porque não convertemos uma venda ou troca, por que não fizemos o cliente levar aquele perfume que ele obviamente não quer ou não precisa... 

E o que podemos responder? Existem vendedores que não se importam com o ser humano, apenas enxergam um cliente, portanto se você colocar uma roupa que obviamente não te valorizou o vendedor vai dizer que está linda, se você quer uma calça 38 porque a 36 fica apertada o vendedor fará de tudo para te convencer que a 36 vai lacear e que mesmo com as banhas sobrando ficou um show. Eles sempre vão dizer que as peças são da melhor qualidade mesmo que muitas vezes sejam compradas no Brás (graças a Deus na minha loja atual posso dizer que morro de orgulho da nossa qualidade de peças). Portanto cuidado: vendedores sinceros nem sempre ganham a venda mas sempre ganham clientes. Se você quer ser vendedor, lembre-se de ser honesto com seus clientes, pois você também é cliente em outras lojas e odeia ser enganado.

O engraçado é que muitas pessoas não fazem ideia da pressão emocional que se passa num shopping. Você tem que estar lá das 10 as 16hrs ou das 16hrs ás 22hrs ou das 14hrs ás 22hrs todos os dias da semana. Sábado? Não existe folga de sábado NUNCA. Normalmente folgamos UMA vez por semana, e todos os dias precisamos nos preocupar muito em vender, pois se nossos números forem baixos nossas cabeças rolarão lindamente. O país está em crise? Se vira, faz telemarketing, coloca uma melancia na cabeça e faz a dança da motinha. O importante é vender, como não interessa! Eu odeio fazer telemarketing, odeio mandar msgs no whats pros clientes ou ligar porque eu sinto que isso INCOMODA, que estou sendo CHATA. Mas se eu não fizer isso, sou demitida. 

Agora imagina sua gerente sentar contigo e falar: "Esse mês você não vendeu nada, fulano vendeu não sei quantos mil, se ele conseguiu por que você não conseguiu? Melhora esse número se quiser continuar com a gente" todo santo mês que você vende mal. Agora imagina que você é pai/mãe de família, tem filho pra sustentar e depende do emprego. Pois é. É por isso que tem muito vendedor desesperado ou mal educado, estressado por aí.

Por isso, se um dia eu te ligar te convidando para ir á loja, não me odeie. Seja simpático por favor ♥

O grande problema não é o comércio, são as pessoas. Tudo é dinheiro, tudo mesmo. Nesses empregos muitas pessoas nem registradas são, se eu contar tudo de ilegal que já vi nos shoppings da vida levo um tiro. Mas nem tudo é ruim no varejo: É uma delícia encontrar pessoas diferentes todos os dias, aprender sobre novas culturas ou ouvir ideias diferentes, é muito satisfatório vender bons produtos e deixar o cliente satisfeito, é bom dar risada com a equipe e se sentir útil.

A questão, é que é um mundo muito cruel e para sobreviver nele siga as seguintes regras: Seja honesto sempre, NUNCA EM HIPÓTESE ALGUMA JAMAIS entre em fofocas, fale mal ou cause intrigas, se alguém falar mal de fulano pra você PERMANEÇA CALADO, não ache que existe amigo lá, NÃO EXISTE. A pessoa que você menos espera te serve sua cabeça de bandeja pro chefe em troca de permanecer no emprego ou subir de cargo, faça seu trabalho da melhor forma possível, as pessoas gostam de pró atividade e criatividade, mas nunca seja arrogante ou se sinta superior á ninguém. Ah outra coisa: Se você se mostrar mais competente que seu gerente, das duas uma: Ou você é promovido ou ele dá um jeito de te demitir por medo de perder o cargo. Então, esse emprego é uma corda bamba. Você precisa estar ciente que estará lidando com o SER HUMANO E SUAS PIORES FACES, egoismo e orgulho reinam solto. Eu admito que sempre que estou trabalhando em loja volta pra casa muito mais estressada, pesada e irritada. Demoro uns meses pra voltar ao normal depois de sair do emprego e não consigo me aprofundar tanto quanto gostaria porque não tenho estômago pra isso... É preciso ser frio ou muito de bem com a vida para ignorar ou passar por cima das pessoas e subir de cargo no varejo. 

O que eu posso dizer é que apesar de todos os problemas e lados ruins que existem no meu emprego, pelo menos nessa empresa atual pude respirar melhor. Lá a gerente é muito mais tranquila e nos deixa fazer nosso trabalho, a loja é calma, fácil de limpar e arrumar, a equipe mesmo com todos os problemas no geral é boa, povo sabe ser adulto e sempre procura não misturar as coisas (brigas x ambiente de trabalho) e eu gosto de ir trabalhar lá, tenho vontade. Acho que, amadureci muito em relação ás outras lojas e hoje tomo uma postura mais tranquila e suave portanto a imagem que eu passo é de pessoa que não quer problemas e faz seu serviço da melhor maneira, isso ajuda muito á não me envolver em problemas ou me estressar o menos possível. Não vou mentir que anteontem aconteceu algo super chato que me irritou e motivou á fazer esse post mas, no geral, agradeço muito por estar empregada enquanto muitas pessoas estão precisando de emprego, mas que também não é por isso que vou deixar que pisem em mim.

No mais, quis apresentar um pouco mais do varejo para vocês, sei que muitas pessoas mal imaginavam que passávamos por tantas coisas e que muita gente agora vai poder olhar de forma diferente pros vendedores das lojas... Quem quer se arriscar nesse ramo, vai com muita fé e senso de humor!

2 comentários :

  1. Ual, meu amigo trabalha em banco e é mais ou menos por aí também, eu agora trabalho em uma empresa mais tranquila e gosto muito do pessoal, mas no meu primeiro emprego tive que pedir "arrego". Te desejo todo sucesso profissional ♥Beijos
    http://www.charme-se.com

    ResponderExcluir