27 maio 2016

Decisões ruins

Estava eu no banho agora pouco, feliz da vida. Estava lá, com aquele vapor quentinho e a água caindo. Estava depilando as axilas, barriga, bigodá... Aí de repente eu pensei:
HODORRRRR!

Aí resolvi que queria tirar os pelos do braço também. Logo na primeira tirada aquela dor no coração, aquele choro. Aquela lágrima ardida. Pra quem não sabe, eu tenho um casaco de peles natural que me acompanhou a vida toda em vários bullyngs momentos especiais. Aquele dia chuvoso sem nada pra fazer, você fica lá enrolando os pelinhos do braço ou penteando lindamente pra que todos fiquem na mesma direção. Aqueles momentos de descolorir, que você fica 15 minutos com os braços ardendo pra depois correr pro banho e dizer: UAU, TO SUPER SAYAJIN NV 8! 

Estou nua. Estou pelada. Estou desprovida de pelos.

É inacreditável a nossa capacidade de sempre termos que mudar um negocinho porque sempre estamos insatisfeito com o que temos. É bom mudar e necessário. Mas tem coisas que "tão" boas pô, pra que mexer? Me explica? Agora estou aqui, olhando esse par de palmitos dançantes.
Não gostei.
Quero meus pelinhos de volta.
Quem é Marina sem os pelos dela?

Eu vos digo: É uma pessoa comum como qualquer outra. Porque o que me faz especial são minhas características diferenciadas, por exemplo meu olho que muda do mel pro verde e meus cabelos compridos.

Dica da Mari: se ame mais, e não faça merda. 

6 comentários :

  1. Eu ja fiz isso! AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
    E olha que meus pelinhos são claros, mas senti falta hahahahhaha
    Eles crescem de novo <3

    ResponderExcluir
  2. Clayci, não consegui "responder por ai" então, esperando por isso viu kk ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari,
    Hahaha é uma situação complicada, as vezes estamos tão bem, ai resolvemos mudar e acabamos estragando tudo.
    Mas já já eles crescem.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  4. Pois é mudei meu cabelo, ai fico penando pra tratar e não dar merda. Se a gente quer realmente mudar tudo bem, o problema é quando somos influenciados e aí depois que mudamos percebemos que não era aquilo que realmente queríamos.
    Beijos
    http://www.charme-se.com/

    ResponderExcluir