25 maio 2016

Felicidade vult ♥

Ooooi gente, tudo bem? Mil anos depois eu voltei aqui hahaha. Esses dias ando com muita preguiça, o frio aqui em SP está muito forte, então ontem mesmo não consegui sair debaixo das cobertas e fiquei gripada precisei tomar remédio e tudo hahaha.

Também acabei passando muito tempo upando minha personagem (jogo online lembram-se? mmorpg) e acabei criando várias personagens. Nunca me imaginei jogando com uma musa (lê-se bardo) mas acabei gostando, o ruim é que ela é muito fraca por dois motivos: ela mirou na mage e acertou no bardo. Ela mirou no priest e acertou na musa. Ou seja, ela é metadade sacerdote e metade maga, porém nenhuma das duas metades são completas, portanto, acabam sendo fracas. Precisei criar uma nova char, uma Ranger linda chamada Mihllena. Gostava mais da Zefio mas, bardo não é pra mim não gente hahaha.

Algo que vem me assustando moderadamente é o preço das coisas. Meu Deus, uma idinha no mercado você já deixa lá 80 reais sem levar nada pra casa. O chocolate então nem se fale, artigo de luxo! Me falem como é possível um troço desses? No momento de crise, a galera anda metendo a faca sem dó nem piedade. Não é á toa que muitas lojas e empreendimentos estão fechando... Eu mesma não pago caro por coisas que eu sei que não valem o preço. Entendo a inflação e a robalheira do governo e sei que muitos comerciantes não tem culpa, mas eu também não tenho e já que é mais fácil colocar preços mais altos e lucrar com isso do que lutar pelo que é certo, prefiro manter meu bolso fechado. Gastei 300$ essa semana e não sei aonde foi parar. Gastos com comida e coisas pequenas que simplesmente levaram muita grana, onde já se viu 3 pares de meias finas saírem 50 reais? Só porque eu precisava MESMO viu, porque não valiam. Rasgam na maior facilidade.
(Observem a Aana me ensinando a comer de hashi e olha que me sai super bem vai hahaha)
Tá, admito que gastei em algumas coisas fúteis. Foram elas: lámen desnecessário (poxa vida, fui na Liberdade mil vezes e nunca comi um prato tradicional. Queria muuuito provar, e foi 50 reais embora. Infelizmente estava tarde e o restaurante só servia lámen de porco, odeio carne de porco, aposto que teria gostado bem mais se fosse de frango mas admito que me alimentou muito) e também comprei dois daqueles batons sticks da vult. Eu estava realmente precisando dessas cores, são muito lindas. Compre a 02 e a 05, mas o arrependimento bateu por não ter comprado a número 12 também, que é um roxo muuuito lindo. Acho que se eu ver em alguma loja acabo comprando. Também comprei muitos docinhos japoneses, como algodão doce que explode na boca e sorvete de soda. Enfim, gastos desnecessários, mas fizeram um bem pro core hahaha ♥

Mas para vocês verem como estou controlada, fui na 25 de março e NÃO COMPREI NADA. Também fui no shopping, centro da cidade, docerias e não comprei nada. Ando observando muito os preços, poupando bastante e só comprando em outlets ou promoções. Depois que descobrir as outlets ainda mais tendo uma do lado de casa com marcas como Lança Perfume, Rosa Chá e John John originais por 80 reais (calças da Calvin Klein por 30 reais na queima de estoque!) eu realmente não pago mais 200$ numa peça, mesmo porque trabalhando em mercado de público A eu já vi e comprovei que não valem esse preço nem aqui nem na China. Nem mesmo o batom Taupe da MAC que eu quero muito comprei, preferi investir no número 02 da Vult que mesmo não sendo a cor que eu queria, supre muito bem minhas necessidades.

Aliás, ultimamente meu dinheiro está direcionado para coisas mais centradas. Como por exemplo: quero muito uma panela de fazer arroz. Hahaha, me xinguem, mas é verdade! Também pensando em comprar cobertores novinhos e quentinhos. Quero também gastar com alimentos mais saudáveis, estou aprendendo várias receitinhas rápidas e incríveis. Tempos de crise, né?

Agora me falem, estou amadurecendo finalmente? 23 anos nas costas e quero uma panela de arroz, enquanto minhas amigas gastam dinheiro com Chanel ou maquiagens da Urban. Vai entender.


2 comentários :

  1. O país está passando por uma crise horrível, mas concordo com vc.
    Acho que quem é empreendedor tem que ser criativo para não perder os clientes, nem fechar as portas.
    Sei que é difícil, mas não é aumentando o valor que ficaremos livre dela =/

    ResponderExcluir