04 junho 2016

Os problemas de ser emotiva demais


Muita gente prefere usar á razão do que a emoção na vida. Eu acho que tudo precisa do meio termo. O problema, é que eu não sou meio termo. Sou manteiga derretida, sou brigona, sou emotiva. Deixo aflorar e crescer sentimentos, que normalmente os outros não deixam e por isso em muitas situações, o amor não é recíproco.

Algo marcante em todos os meus 3 ex namorados (sim, os três sem exceções), foi que eles disseram que eu sempre fui muito carinhosa e dedicada. Um deles, há pouco tempo mesmo disse que namorou várias mulheres, mas que nenhuma, absolutamente nenhuma delas era carinhosa como eu. O outro, de dois anos, o qual vocês acompanharam boa parte da história, no fim disse que "era frio demais, seco, não conseguia retribuir o carinho e a dedicação que eu tinha todos os dias com ele, e que mesmo vendo que eu estava me desinteressando ainda assim permanecia fazendo coisas por ele, e que por não suportar me ver sofrer ou quebrar meu coração, iria terminar". O primeiro disse algo parecido. Eu era carinhosa demais e ele era muito frio. Não dava pra retribuir.

Já me conformei, de verdade, que jamais terei um namorado ou marido (se um dia casar, o que eu duvido muito) que seja dedicado ou carinhoso. Só atraio homem frio, seco, rústico. Estou aprendendo á lidar melhor com isso, não me magoar com as frases monossilábicas e coisas do tipo. Por outro lado percebo gestos de carinho em pequenas coisas, mesmo que de vez em quando. Está bom.

Um dos maiores problemas, é que por mais que você se conforme e pense: "tudo bem, se eu merecesse alguém carinhoso já teria" no fundo no fundo, você espera algum tipo de reciprocidade. Espera que a pessoa que você gosta muito, sinta o mesmo por você, ou tenha a mesma vontade de lutar pra ter uma vida ao seu lado como você, quando amamos dificilmente pensamos com pessimismo do tipo: "Pode não dar certo", isso é coisa de gente 100% racional ou não apaixonada. Aí você fica em dúvida sobre o que sente, se vale á pena sentir, se vale á pena se dedicar ou até mesmo sonhar com a pessoa.

É duro ter incerteza. É duro sentir que a pessoa gosta de você, confiar na fidelidade dela, mas não botar fé na lealdade que ela oferece, que praticamente é nula.

Daí eu paro e penso: um relacionamento que já começa com pessimismo, com "não sei se pode dar certo no futuro pois empecilhos aparecem" (poxa, claro que nada na vida são só flores, mas se já estamos nesse pé sem nem começar...) pode dar certo? Pode mesmo? Será que estou deixando minhas emoções tomarem conta novamente e poderei estragar algo que pode ser bom simplesmente por não ter paciência ou até mesmo racionalidade?

Não sei.
Não sei mesmo.
Já me disseram que sou intensa demais, pra aprender á me acalmar e ser mais tranquila. Ser mais leve na vida, esperar menos das pessoas.
Agora, como eu faço isso?
Nem sei por onde começar.
Acho que preciso me amar mais. Não entendam mal, eu me amo muito. Nunca mais serei marionete na mão de machista nenhum. Mas, acho que, no fundo no fundo, os outros se amam 90% e dedicam o resto ao companheiro. Eu estou dedicando bem mais que 10%.
Aí, só pode dar errado. Só posso tomar bem lá mesmo.

Nossa como queria ser fria. Não estar nem aí. Não sofrer e nem chorar.
Mas algo eu digo, quando resolvo desapegar... Não tem santo que me faça sentir algum carinho pela pessoa.
Meu maior defeito: Possuo imenso amor, dedicação e faço de tudo para estar com quem amo. Mas se essa pessoa me decepciona ou me abandona (não suporto que me abandonem) eu simplesmente largo a pessoa de mão MESMO. Não consigo amar de novo, gostar. Se torna indiferente.
#desabafo.

4 comentários :

  1. Oi mari,
    É bom desabafar as vezes, adorei seu texto.
    Eu acho que essa é uma das maiores qualidades do seres humanos, se sinta especial por ser assim.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  2. Eu sou a manteiga em pessoa sério..
    Faço tudo pela emoção e cara.. sempre dou de cara com a porta rs

    ResponderExcluir
  3. Te compreendo, também não consigo ter carinho pela pessoa mais não, eu me afasto pra sempre. Você tem é que se sentir feliz por saber compartilhar o amor com os outros, eu sou super intensa e já quebrei muito a cara, mas comigo sempre será assim ou tudo ou nada, não nasci para viver em meia relação, ou é amor ou não é. Beijos
    Charme-se

    ResponderExcluir
  4. Meu conselho é que você continue sendo muito intensa mesmo, assim como você é, se dedique, ame, seja carinhosa... porque você é assim, e se um homem não se encaixa com o seu jeito, é porque vocês não são a pessoa certa um do outro.
    Eu acredito que tudo o que acontece na nossa vida, tinha que acontecer, você não errou em momento nenhum, nem erraram com você. Todas as dificuldades ou alegrias acontecem pra te levar a algo maior, que vai te fazer muito feliz um dia!

    Beijos,
    http://brunismos.com/

    ResponderExcluir